Comunicação - Notícias

Dia Internacional do Café: o Café e a sua Saúde

14/04/2016

Dia Internacional do Café: o Café e a sua Saúde

 

Dia Internacional do Café

 
O café é a bebida mais conhecida em todo o mundo, sendo Portugal um pais consumidor de café por excelência. Segundo dados estatísticos, em 2010, os portugueses bebiam em média 2,2 chávenas desta nobre bebida por dia, sendo o consumo de café, per capita, de 4,1 quilos.
 
Tanto o café torrado como o café solúvel, tornados simples, praticamente nao contém calorias. Uma chávena de café simples (sem açúcar e sem leite) contém apenas entre 2 a 5 kcal. No entanto, identificam-se mais de mil componentes voláteis que contribuem para proporcionar o aroma característico do café.
 
A composição exata e as características orgânicas presentes numa chávena de café dependem de vários fatores, tais como, a espécie botânica de origem, o processo de torra, o grau de moagem, o método de preparação, o tipo de água utilizada e a quantidade de café usada.
 
A maioria das pessoas que consome café diariamente desconhece as substâncias saudáveis e os seus efeitos terapêuticos, bem como, os malefícios causados pelo consumo excessivo de café. 
 
 
Vantagens do consumo moderado 
 
O consumo moderado de café exerce efeito de prevenção de problemas tão diversos como a doença de Parkinson, a depressão, a diabetes, os cálculos biliares e o cancro de cólon.
 
Além disso melhora a atenção e, consequentemente. o desempenho escolar e a produtividade no trabalho.
 
Contém Vitamina B, Iípidlos, aminoácidos, açucares e uma grande varledade de minerais, come o potássio e o cálcio, além da cafeína.
 
Tem propriedades antioxidantes, combatendo os radicais livres e melhorando o desempenho na prática de desporto.
 
Doenças como o enfarte,  malformação fetal, cancro da mama, aborto, úlcera gástrica ou qualquer outro tipo de cancro não estao associadas ao consumo moderado de cafeína. Segundo alguns escudos, o consumo de café poderá mesmo baixar o risco de cancro da próstata. 
 
 
Desvantagens do consumo excessivo 
 
Ação diurética compulsiva causadora de perda de minerals e oligoelementos, aminoácidos e vitaminas essenciais.
 
Causa enfraquecimento do organismo, através da perda de soda, potássio. cálcio, zinco, magnésio, vitaminas A e C,  bem como do complexo B.
 
Possui relacão direta com a doença flbroquística (eventualmente precursora do "cancro da mama").
 
Pode causar o aparecimento de polipos (primeira fase do cancro do aparelho digestivo), verrugas. psoriases e outras doenças dermatologicas.
 
Reduz a taxa de oxigenação dos neurónios.
 
Provoca uma maior secreção de ácido clorídrico, causando irritações nas mucosas intestinais que causam colites e ulcerações, principalmente para quem sofre de gastrite.
 
Possui ação acidificante do sangue. 
 
 
 
O TRABALHO É A NOSSA ESPECIALIDADE. AS PESSOAS A NOSSA VOCAÇÃO.

 

 

 

Voltar às notícias
Clique aqui - Ligamos Grátis Clique aqui
Ligamos Grátis