Comunicação - Notícias

Estratégia de Redução da Oferta de Sal nos Produtos Alimentares à venda em Portugal

19/02/2016

Estratégia de Redução da Oferta de Sal nos Produtos Alimentares à venda em Portugal

 

O Consumo excessivo de sal é um dos maiores riscos de Saúde Pública em Portugal, sendo urgente a tomada de medidas para a sua redução. 

 

Pequenas reduções no consumo de sal podem trazer grandes benefícios para a saúde das populações, não só a nível das doenças cardiovasculares, como também ao nível de outras crónicas prevalentes em Portugal.

A adoção de estratégias ao nível da educação do consumidor e da oferta dos produtos alimentares, reformulando a sua composição nutricional são preponderantes para que estes objetivos sejam alcançados. 

O grupo de trabalho constituído pela DGS - Direção-Geral da Saúde, AHRESP - Associação da Hotelaria, Restauração e Similares de Portugal, APED - Associação Portuguesa de Empresas de Distribuição, ASAE - Autoridade da Segurança Alimentar e Económica, CCP - Confederação de Comércio e Serviços de Portugal, DECO - Associação Portuguesa para a Defesa do Consumidor, DGAE - Direção-Geral das Atividades Económicas, DGAV - Direção-Geral de Alimentção e Veterinária, DGC - Direção-Geral do Consumidor, e FIPA - Federação das Indústrias Portuguesas Agro-Alimentares e PortugalFoods apresentou, nesse sentido, um conjunto de propostas assentes na redução de sal nos produtos alimentares comercializados. 

No entanto, as questões relativas à informação e educação do consumidor também estão presentes, integrando as diferentes abordagens.

 

Consulte aqui as 14 propostas apresentadas.

 

 

Fonte: nutrimento.pt

 

 

Voltar às notícias
Clique aqui - Ligamos Grátis Clique aqui
Ligamos Grátis